A Indústria Flexográfica Pós Pandemia – Oportunidades e Ameaças
GW Flexo Oportunidades Pós Pandemia

A Indústria Flexográfica Pós Pandemia – Oportunidades e Ameaças

Iremos analisar como a indústria flexográfica foi afetada pelo COVID-19 e o que poderemos esperar do futuro próximo.

Sabemos que a pandemia de coronavírus mudou o cenário e a vida cotidiana de todos e, com isso, criou novas tendências que afetaram e afetarão a indústria de impressão de embalagens e etiquetas.

Uma das coisa que ocorreram foi o um enorme aumento do comércio eletrônico que trouxe como consequência o aumento da demanda por alimentos embalados, embalagem e distribuição seguras.

Assim, explicamos as tendências atuais do setor flexográfico e propomos soluções para ajudá-los a responder a esses novos desafios.

Antes de tudo, vale a pena lembrar que boa parte das empresas flexográficas, principalmente pequenas e médias, não tem reservas guardadas para suportar por muito tempo uma situação como a que estamos vivendo atualmente.

Por essa falta de planejamento, estrutura, falta de apoio das instituições algumas empresas não aguentarão manter suas estruturas e poderão quebrar ou ter que reduzir sua produção, estratégia e quadro de funcionários.

Mas passado esta turbulência inicial, algumas oportunidades poderão aparecer, e cabe ao empresário estar atento e disposto a mudanças.

Tendências

Dentre as tendências que podemos observar citamos:

Maior demanda por produtos embalados

Uma das respostas das pessoas ao COVID-19 é controlada pelo medo e pelo pânico. Os consumidores estão comprando em pânico os suprimentos de um mês.

As indústrias com maior demanda são varejo de alimentos, produtos e suprimentos médicos, além de comércio eletrônico.

Houve um aumento significativo do consumo no início da pandemia, mas que tende a se estabilizar.

Mas uma coisa é certa,o comércio virtual veio para ficar.

Embalagem e distribuição seguras

Dado o fato de que o COVID-19 começou a se espalhar pelo mercado atacadista de frutos do mar e carne em Wuhan, esse vírus de origem animal exige toda a atenção nos métodos de manipulação e distribuição de carne.

Embalagem flexíveis oferecem maior segurança e esterilização em comparação com os mercados atacadistas de carne fresca.

Haverá aumento de consumo deste tipo de embalagens de de etiquetas.

Comércio eletrônico

Os pedidos on-line e a entrega de bens e serviços estão aumentando à medida que as pessoas passam mais tempo em casa.

Provavelmente essa tendência irá aumentar, tornando-se hábitos entre as pessoas.

O surto durará pelo futuro previsível e os consumidores com higiene e distanciamento social terão como objetivo reduzir as interações, adotando os serviços on-line mais quando possível.

Incentivos dos Governos

O Governo já anunciou e vem anunciando uma série de medidas para incentivar o crédito.

Se estas medidas forem bem planejadas e aplicadas, talvez ajudem em uma retomada e na sustentação de empresas e empregos.

Vamos ver até que ponto o microcrédito e linhas como as do BNDs vão ajudar na retomada.

Alguns Entraves

Fornecedores

Conforme comentamos em outro post, há uma preocupações sobre os impactos no transporte de mercadorias com o aumento do controle das fronteiras.

Como assegurar a cadeia de fornecimento, principalmente de matérias primas importadas?

Será que esses controles e as paradas das indústrias produtoras de insumos não irão causar interrupção nas entregas das cadeias fornecedoras?

Além disso, há um aumento de alguns insumos comuns na indústria de impressão e na fabricação de insumos contra o Covid.

Empresas que usam isopropanol (IPA), por exemplo, reportam preocupações relativamente a este solvente, já que é utilizado para a produção de gel desinfetante e causa menor disponibilidade no mercado e aumento considerável de preço.

Além disso, algumas áreas estão com o consumo aquecido, o que pode provocar falta de insumos ou aumento de preços.

Existem preocupações quanto à possível escassez e/ou atrasos na oferta de papel e insumos.

Eventos

As empresas estão sendo afetadas, também, pelo cancelamento de feiras/exposições ou reuniões e eventos.

Houve uma redução geral da economia global terá impacto na publicidade, porque, regra geral, é o primeiro setor a receber grandes cortes, afetando profundamente todas as empresas de impressão, independentemente da sua especialização.

Ou seja, o mercado diminuiu, ao menos momentaneamente.

As Oportunidades

Haverá uma retomada da indústria e do comércio posteriormente da parte de eventos.

Tudo ainda muito incerto e dependerá desde o andamento da pandemia até a forma como as pessoas irão encarar os novos tempos.

Mercados fecharão, mas novos irão se abrir, como o aumento gerado pelo comércio online.

O importante é ficar atendo às mudanças e às oportunidades.

Portanto esteja preparado e atento. Isso será essencial para uma retomada e sobrevivências.

O momento de cautela está passando, o importante é não ficar parado.

Quem demorar muito poderá sair muito atrás e ter dificuldades ou até impossibilitar uma retomada futura.

Esteja atento e ativo.

Deixe uma resposta